Climatizador ou ar condicionado? Em qual devo investir?

Em boa parte do ano, o Brasil fica bastante quente, nosso país tropical proporciona intensos verões e invernos razoavelmente amenos, e nas épocas mais ardentes as pessoas buscam por equipamentos para se refrescar, como o climatizador e o aparelho de ar-condicionado. Mas qual a diferença entre esses aparelhos? Será que vale a pena investir em um climatizadores de ar em vez de comprar um ar-condicionado? O que é útil para quem adquire um climatizador de ar?

Ajuda a baixar um pouco a temperatura do ambiente

climatizador

A primeira diferença importante entre os dois aparelhos é que os climatizadores de ambiente refrescam o local, baixando a temperatura em dois a cinco graus normalmente. Os aparelhos de ar-condicionado têm capacidade para gelar o ambiente, deixando o lugar com temperatura muito abaixo da temperatura externa. Em compensação, o ambiente deve ficar isolado, neste caso; já o climatizador não exige que o cômodo fique encerrado para baixar sua temperatura. Este aparelho funciona melhor, por isso, em recintos pequenos ou médios.

Melhora a qualidade do ar do recinto

Talvez a principal serventia do climatizador de ar, ao largo de baixar a temperatura, é melhorar a qualidade do ar no ambiente onde está instalado. O ar-condicionado retira a umidade do ar, deixando-o mais seco, enquanto que o climatizador filtra o ar, por meio da função de ionizador que a maioria dos aparelhos possui, deixando-o cerca de 30% mais puro. Assim, ele não irrita as vias respiratórias e ajuda a retirar pólen, ácaros e fungos do ar.

Consome menos energia e é ecológico

Outro aspecto importante em comparação com o ar-condicionado, é que o climatizador gasta até nove vezes menos energia elétrica. No entanto, o aparelho de ar-condicionado é um dos principais vilões de sua conta de luz. Ainda hoje, muitos modelos de ar-condicionado operam com substâncias que agridem a camada de Ozônio, como o HCFC-22 (mais conhecido como gás refrigerante R-22). Outros aparelhos já substituíram o gás pelo menos prejudicial HFC 410-a, mas que contribui para o efeito estufa. No caso do climatizador, ele não trabalha com nenhum desses gases, porém com um compartimento em que se coloca gelo e água apenas, sendo um eletrodoméstico ecologicamente correto.

O climatizador tem excelente mobilidade

Quando se instala um ar-condicionado potente, não se pode levá-lo para outros cômodos. Já o climatizador se encaixa em qualquer ambiente. Ele pode ser facilmente transportado, porque é leve e compacto, bastando ter uma tomada para ligá-lo. A portabilidade poderá ser também um dos principais motivos para se comprar um climatizador.

Seu preço é muito menor se comparado ao ar-condicionado

O climatizador de ambiente é provavelmente mais em conta do que qualquer modelo de ar-condicionado padrão no mercado. Além do mais, ele serve para cidades frias e secas também, pois existem aparelhos com ciclo reverso – que trazem a função aquecer. Dessa forma, pode-se usar o climatizador durante o ano inteiro, melhorando o ar que seus usuários respiram.

Se você sente calor e procura um aparelho barato, ecológico, portável e que gasta pouco, além de melhorar o ar que você respira, o climatizador pode ser a solução para suas necessidades. Você já conhecia este eletrodoméstico? Deixe um comentário e participe da conversa!

Postagens Similares:

Conheça os benefícios do Ar Condicionado Inverter

Ar Condicionado x Consumo de energia: 9 dicas para reduzir gastos

Limpeza ou troca do filtro de ar condicionado: Quando fazer?

Limpeza do Ar Condicionado: 5 Motivos Para Realizá-la

Qualidade do ar climatizado e 6 benefícios ao mantê-la

Compartilhe esta notícia!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.