O que são alimentos funcionais? E quais seus benefícios a saúde?

Não é segredo para ninguém que a manutenção de uma boa alimentação é um dos principais fatores que definem a qualidade da nossa saúde ao longo da vida, mas a ciência tem provado que, mais do que fornecer nutrientes essenciais para o metabolismo corporal, a alimentação também pode ser responsável por benefícios específicos para a manutenção da nossa saúde através do consumo de alguns nutrientes ou produtos que são classificados como alimentos funcionais.

alimentos funcionais

Você sabe o que são os alimentos funcionais e como eles atuam no nosso organismo? No artigo de hoje, você vai descobrir todos os benefícios dos alimentos funcionais e como adicioná-los à sua alimentação diária:

O que são alimentos funcionais?

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o alimento funcional é aquele que oferece, além de suas funções nutricionais básicas, um efeito benéfico para a nossa saúde após o seu consumo.

Esse efeito benéfico, entretanto, não deve ser confundido com capacidade de cura de doenças, mas sim com a habilidade de melhorar e controlar sintomas como a hipertensão, a elevação dos níveis de glicose ou a ação de radicais livres no organismo.

Quais alimentos são considerados funcionais?

A ANVISA elaborou uma extensa lista de alimentos e nutrientes que são classificados como funcionais e que podem ser extremamente benéficos para a nossa saúde. Separamos alguns entre os que consideramos mais fáceis de adicionar à rotina alimentar do consumidor brasileiro:
Soja
A soja é um dos alimentos funcionais mais conhecidos pela população mundial, já que vários estudos já foram publicados divulgando os benefícios de seu consumo regular. Além de ser rica em fibras alimentares, que ajuda a controlar o colesterol e a glicose no sangue, a soja também tem participação no controle de sintomas da menopausa em mulheres, já que um de seus nutrientes é precursor de hormônios femininos que estão com produção reduzida nessa fase da vida.
Peixes
Os peixes, em especial aqueles cultivados em águas frias, são alimentos ricos em ácidos graxos da família ômega, que ajudam a melhorar o nosso perfil lipídico, controlando os níveis de colesterol e triglicérides no sangue. Esse perfil ajustado é extremamente benéfico para o funcionamento do sistema cardíaco e vascular. Além disso, o ômega também atua como antioxidante natural, combatendo a ação de radicais livres no nosso organismo.
Tomate
O tomate é um dos vegetais mais tradicionais da refeição do brasileiro. Essa fruta é rica em licopeno, um importante antioxidante que tem participação na redução do risco de desenvolvimento de cânceres específicos como o de cólon, reto e mama.
Vinho tinto
O vinho tinto também é considerado um alimento funcional, desde que consumido em quantidades moderadas. O vinho é rico em um composto chamado flavonoide, que é um antioxidante importante para controlar os níveis de colesterol circulante no sangue e melhorar a nossa atividade cardíaca.
Azeite de oliva
O tradicional azeite de oliva que utilizamos na nossa dieta diária também é um alimento funcional indispensável para a alimentação saudável. Esse óleo é rico em ácidos graxos essenciais, que ajudam a melhorar o perfil lipídico de quem faz uso desse alimento regularmente. Dessa maneira a atividade cardíaca e circulatória se beneficiam bastante do consumo desse produto.

Consumindo alimentos funcionais no seu dia a dia

Ao conhecer alguns exemplos de alimentos que são reconhecidos pela ciência como benéficos para a nossa saúde, é fácil perceber que não é uma tarefa árdua adicionar esses produtos à sua dieta cotidiana.

Os alimentos funcionais devem fazer parte de uma dieta equilibrada e rica em outros produtos que não precisam ser funcionais, para poder oferecer de maneira eficiente suas vantagens após o consumo. Não é possível usufruir dos benefícios dos alimentos funcionais ao consumi-los de maneira isolada, já que, sozinhos, eles não são capazes de mudar perfis lipídicos, atuar contra radicais livres e reduzir os riscos de câncer em um organismo com predisposição para doenças. Por esse motivo, é preciso manter o hábito de se alimentar de maneira equilibrada, usando os alimentos funcionais como um complemento da qualidade da nossa dieta.

Caso você tenha dificuldades em adicionar esses alimentos a uma dieta equilibrada e saudável, não hesite em contar com a ajuda de um nutricionista para desenvolver um plano alimentar ideal para suas características nutricionais!

Você gostou de conhecer os benefícios dos alimentos funcionais para a sua saúde? Já faz o consumo regular de algum desses produtos na sua rotina? Deixe seu comentário sobre esse assunto!

Postagens Similares:

RDC 14 – Microscopia de Alimentos

RDC 12: A Legislação de Microbiologia de Alimentos

Microbiologia dos Alimentos na Indústria Alimentícia

Tudo sobre Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC)

Rotulagem de alimentos e a nova RDC 26/2015 sobre alergênicos

Compartilhe esta notícia!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.