A importância da renovação de ar em ambientes climatizados

Muitas empresas não sabem, mas a falta de renovação de ar em ambientes climatizados pode afetar diretamente a produtividade de seus colaboradores. Em ambientes climatizados com uma alta densidade de pessoas, o ar é respirado várias vezes. Isso promove um aumento na quantidade de gás carbônico e diminuição do oxigênio, causando sonolência e dores de cabeça. A falta da renovação de ar em ambientes climatizados também é propícia para a disseminação de vírus e bactérias, o que pode ocasionar mais faltas e menos produtividade ainda no ambiente corporativo.

renovação de ar em ambientes climatizados

Para as empresas, se preocupar com a renovação de ar em ambientes climatizados é extremamente importante e não apenas pela produtividade! Além de muitos equipamentos não contarem com essa função, o tempo de renovação pode variar conforme a densidade de pessoas e o tamanho da sala.

Se você se preocupa com o bem-estar, qualidade de vida e produtividade do seu time, vale a pena conferir esse post!

Poluição e renovação de ar em ambientes climatizados

Muita gente associa o termo “poluição” do ar climatizado apenas a presença de componentes tóxicos no meio ambiente. Porém, essa é uma ideia equivocada.

O gás carbônico é hoje um dos maiores causadores da poluição no ar climatizado pois o ser humano ao respirar, expele o dióxido de carbono. Assim, todo ambiente com uma alta densidade de pessoas e pouca renovação de ar é um ambiente naturalmente poluído e que pode se tornar menos ou mais insalubre dependendo do aumento ou diminuição da densidade, somada ao aumento ou diminuição da ventilação do ar.

Sistema de renovação de ar

A renovação de ar em ambientes climatizados ocorre de forma diferente em residências e em ambientes corporativos. Como em residências, a densidade de pessoas é menor, o simples fluxo causado pela circulação e pelo abrir e fechar de portas já é suficiente para renovar o ar interno.

O mesmo processo não ocorre nas empresas. Já que a quantidade de pessoas por metro quadrado é muito maior. Para esses ambientes, um sistema projetado para a troca do ar é praticamente obrigatória.

Vale destacar que o tempo para a renovação varia conforme o tamanho do ambiente e a densidade de pessoas. Assim, converse com um técnico responsável pela manutenção do equipamento para saber como realizar este cálculo.

A renovação de ar em ambientes climatizados e a legislação brasileira

No Brasil é vigente a Resolução RE 09, 2003 – ANVISA, a legislação que estabelece os padrões da qualidade do ar climatizado de locais de uso público e coletivo, onde através de vistorias são avaliados os parâmetros que determinam se um ambiente climatizado se encontra em condições não prejudiciais a saúde pública.

A renovação de ar está entre os parâmetros fiscalizados pela ANVISA, possuindo um Valor Máximo Recomendável de taxa de renovação de ar em ambientes climatizados de 27 m3 /hora/pessoa. Porém locais com alto fluxo de pessoas esta taxa de renovação deve ser de 17 m 3 /hora/pessoa, sendo inadmissível em qualquer situação níveis de CO2 iguais ou superiores a £ 1000 ppm.

Lembrando que, a taxa de renovação de ar afeta diretamente a qualidade do ar interior, portanto locais de uso público e coletivo devem monitorar a qualidade do ar interior através da Análise de Ar, evitando as multas previstas pela Resolução RE 09 ao desrespeito de seus parâmetros pré estabelecidos.

Produtividade, saúde e bem-estar são temas cada vez mais trabalhados dentro das empresas. Não deixe de investir na qualidade do ar para os seus funcionários.

Postagens Similares:

Padrões de Qualidade do Ar Climatizado e a RE 09 Anvisa

Análise da Qualidade do Ar em Ambientes Climatizados

Ambiente Climatizado | Bem estar e conforto ao seu alcance

Qualidade do ar climatizado e 6 benefícios ao mantê-la

Análise Microbiológica do Ar em Ambientes Climatizados

Compartilhe esta notícia!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.